CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº. 28, DE 25 DE JULHO DE 2012


Com o objetivo de prover 463 vagas de Assistente Técnico-Administrativo junto aos Centros Regionais de Treinamento dos Estados de São Paulo e Distrito Federal, foi lançado nesta quinta-feira, 26, o edital de abertura para o concurso público do Ministério da Fazenda, com responsabilidade técnico-administrativa da Escola de Administração Fazendária (Esaf).
Segundo consta no documento, do total de vagas ofertadas 25 serão para pessoas com deficiência e o salário previsto para o cargo é de R$ 2.800,00.
Os interessados só poderão concorrer caso já tenham concluído o ensino médio.
De acordo com a Esaf, as inscrições poderão ser efetuadas a partir das 10h do dia 13 até as 23h59 de 26 de agosto pelo endereço eletrônico www.esaf.fazenda.gov.br/, sob taxa de participação no valor de R$ 62,00. A informação é de que essa taxa deverá ser paga por meio de Guia de Recolhimento da União, também disponível no site de inscrição. Fica esclarecido que só poderão solicitar isenção total ou parcial do pagamento da taxa candidatos que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que sejam membros de família de baixa renda. Haverá, para quem não dispuser de acesso à internet, computadores disponibilizados nas Diretorias Regionais da Esaf para as quais as vagas serão destinadas.
Conforme cronograma do certame haverá prova objetiva composta por 90 questões na data provável de 28 de outubro, a qual será dividida em duas etapas, sendo a primeira de conhecimentos básicos, com 40 questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-quantitativo e Conhecimentos de Informática; e a segunda de conhecimentos específicos, com 50 questões de Direito Administrativo e Constitucional, Arquivologia e Gestão Pública.
Locais para acesso à internet
  • Esaf Brasília (DF) - Quadra 6, Bloco "O", 8º andar, Edifício Órgãos Centrais do MF. Telefones (61) 3412-5813, (61) 3412-5887 e (61) 3412-5800.
  • São Paulo (SP) - Avenida Prestes Maia, nº. 733, 21º andar, bairro da Luz. Telefones (11) 3376-1500 e (11) 3376-1509.

Fonte: PCI Concursos
 

INSS: autorizada 4.500 vagas.

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, autorizou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a contratar 4.500 profissionais temporários. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 8. A previsão inicial, de acordo com o pregão eletrônico realizado no ComprasNet (portal de compras do Governo Federal) para escolher a empresa organizadora das seleções, era de 4.400 vagas. As ofertas serão preenchidas por meio de processos seletivos simplificados que ficarão sob a responsabilidade da Consulplan.

O aval do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) era o trâmite que faltava para o órgão finalizar os preparativos e publicar os editais. No texto do pregão eletrônico, as oportunidades estão distribuídas entre os postos de agente de pesquisa e mapeamento (4.250 vagas – nível médio), agente de pesquisa por telefone (132 – nível médio) e supervisor de pesquisa (18 – nível superior), mas a autorização da ministra inclui o cargo de agente de coleta regional (100 – nível superior) na lista. Vale lembrar que, normalmente, os servidores que viabilizam pesquisas para o instituto atuam por um período de até dois anos.


Fonte: JCConcursos.

O juiz, o pastor e o Estado laico

Após anular um contrato de união estável entre dois homens homossexuais há poucas semanas, o juiz de direito Jeronymo Pedro Villas Boas repetiu sua decisão e considerou inconstitucional outra união estável homoafetiva submetida à sua apreciação. Não vou entrar no mérito dos argumentos jurídicos da decisão do juiz, ou da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que considerou constitucional a união estável entre pessoas do mesmo sexo – e que foi duas vezes questionada pelo juiz de primeira instância, que a classificou como inconstitucional. Quero apenas tecer algumas considerações sobre o que representa a decisão desse juiz na estrutura do sistema de justiça brasileiro, na ordem constitucional vigente.

Mensalão é 'mais grave agressão' à democracia.

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou nas alegações finais do processo do mensalão que o esquema se trata da “mas grave agressão”, as valores democráticos do país. Nas 390 páginas que compõem as alegações finais, o procurador-geral manteve as acusações contra 36 dos 40 réus em julgamento no STF. Para o procurador, não há provas contra dois réus, outro fechou acordo com a promotoria e um quarto já morreu.
“Trata-se da mais grave agressão aos valores democráticos que se possa conceber”, escreveu o procurador.

O ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente Interpretado

O Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA - como um conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro tem como objetivo a proteção integral da criança e do adolescente, aplicando medidas, e expedindo encaminhamentos. Foi instituído pela Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990 e regulamenta os direitos das crianças e dos adolescentes inspirado pelas diretrizes fornecidas pela Constituição Federal de 88.

Livro: Direito Constitucional Descomplicado.

Eis uma ótima ferramenta de estudo, o livro de Direito Constitucional Descomplicado se destaca por abordar de forma bem didática este assunto que está presente em 100% das provas de concursos, como o próprio título diz "descomplicado", tenho certeza que este livro o fará enxergar o Direito Constitucional com outro olhos e facilitará voce nos estudos.



100 Perguntas e Resposta sobre Improbidade Administrativa.

Matéria cada vez mais recorrente em concursos públicos a Improbidade Administrativa está se tornando xodó das bancas (principalmente CESPE), assim, nada melhor que aprender exercitando, ressalto que este livro foi elaborado pelo ESMPU (Escola Superior do Ministério Público da União) focando sobre a incidência e aplicação da Lei Nº 8.429/1992 - Lei de Improbidade. Faça o download e bom estudo.

Será que " Voce Sabe (mesmo) Ler"?

Como ler nunca é demais, principalmente para aqueles que pretendem galgar uma vaga no serviço público, não excluindo também aos amantes da leitura, coloco a disposição de todos este ótimo livro de Ana Gonzalez no qual leva aos seus leitores a fazer uma autoavaliação quanto a qualidade de sua leitura, tanto quantitativa como qualitativamente ... Com certeza gostarão... Faça o teste, e veja se "Voce Sabe (mesmo) Ler"?